24ª Festa do Morango de Brasília teve início nesta sexta (30), com shows, exposições e vendas da fruta

A festividade contou com apoio e presença do deputado distrital Iolando (PSC)

Marcada pela presença de diversas autoridades do governo, a cerimônia de abertura do evento teve um grande bolo coberto de morangos que simbolizou a comemoração da cidade pela vasta produção da fruta. Estavam presentes, além do deputado Iolando, o subsecretário de Cultura (Peppa); o secretario de Agricultura (Dilson Resende); o representante da embaixada do Japão no Brasil; a secretária de Turismo (Vanessa Mendonça); a deputada federal Bia Kicis; o secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural (José Roberto Cavalcante); o presidente da CEASA; o presidente da EMATER, entre outros.

Morador da cidade, o deputado Iolando (PSC) frisou que a Festa do Morango uniu forças para se tornar o que é hoje. “Essa tradicional festa tem crescido bastante. Toda a representação do governo está aqui e tem sido um momento cada vez mais inclusivo, já que contamos com a participação de intérpretes de Libras aqui, o que já é um avanço muito importante”, completou ele que agradeceu a presença de todos os parceiros que contribuíram para a realização da festa.

Os representantes da agricultura e do turismo destacaram também a importância de Brazlândia para o turismo e para o abastecimento agrícola do Distrito Federal. “Estamos trabalhando em conjunto com todo o governo federal para produzir, empreender, gerar emprego e renda, além de modernizar toda a legislação da agroindústria para que a produção aqui cresça ainda mais”, disse José Roberto, secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural.

No mesmo sentido, a secretária de Turismo expôs a capacidade turística da cidade. “Vamos unir Brazlândia ao Brasil. Esse é um desejo também do nosso governador, porque essa cidade está pronta para receber turistas”, destacou Vanessa Mendonça. Para completar, a deputada federal Bia Kicis, que é presidente da Frente Parlamentar de Agricultura Familiar, ressaltou o apoio do presidente Bolsonaro e da ministra Tereza Cristina ao agronegócio e à agricultura familiar da cidade.

Por Ana Isabel Abreu